The cardboard box / charge

         Ao final do conto The cardboard box (veja a postagem de 19 de agosto), Sherlock Holmes faz uma ponderação, que bem poderia ser um considerado desabafo, refletindo sobre o sentido de haver tanta violência perpetrada gratuitamente.

“What is the meaning of it Watson?”, said Holmes solemnly as he laid down the paper. “What object is served by this circle of misery and violence and fear? It must tend to some end, or else our universe is ruled by chance, which is unthinkable. But what end? There is the great standing perennial problem to which human reason is as far from an answer as ever.”


        Certamente não em resposta ao detetive, mas, provavelmente, em razão das circunstâncias periclitantes da sociedade brasileira atual, na edição de hoje do Jornal O Tempo, o chargista Duke ofereceu seu ponto de vista.

Disponível em: http://www.otempo.com.br/otempo/. Acesso em: 20 ago. 2012.

         Em outras palavras, a violência é, para esse chargista, inerente ao espírito humano. 

7.900 thoughts on “The cardboard box / charge